A magia do por do sol


(Isabel Barroso)

Certa hora da tarde, a nossa estrela maior começa a se preparar para repousar. Fica ameno e carinhoso, mas ainda dando o ar de sua potência, aqui e acolá, por entre os ramos das árvores, ou entre as frestas dos telhados.

Com mais alguns minutos se deleitará com os picos de montanhas ou florestas, raras por essas bandas.

Mas, quando se entrega e se deita, definitivamente, sua cor se acentua, surge uma grande bola de fogo, algumas vezes impossível de se olhar.

Quando, finalmente, adormece nos braços do poente, se faz presente nas nuvens, refletindo cores que vão do vermelho e salmão intenso, até o mais claro róseo.

Neste momento, seu poder também se reflete sobre o nascente. Isso mesmo, as nuvens resplandecem no tom róseo e laranja claríssimos, nos proporcionando uma visão esplendorosa. Tornamo-nos seres contemplativos.

Ah! como admiro o momento do por do sol a oeste e as surpresas no nascente, a leste.

Minha alma flutua, meu ser se eleva entre as nuvens, impregnadas de suavidade e pintadas no imenso céu azul!

Patrono do Blog
Carlos Romero (1923-2019), cronista paraibano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Deixe o seu comentário