Viva a saúde!


E eis que completaram dois meses que deixei o hospital, onde andei me tratando de uma infecção resistente, que, felizmente se escafedeu. E aqui vão os meus agradecimentos aos médicos queridos, a começar pelo mestre Marco Aurélio Barros, ao meu urologista, George Guedes Pereira, e ao clínico e geriatra Daniel Felgueiras Rolo.

Saúde recuperada, chegou a hora de ser também grato ao meu corpo e ao meu sistema imunológico. Começo pelo coração, um dos órgãos que mais amo, a quem muito ajudei, com minhas costumeiras caminhadas, e, agora, com a hidroginástica e a fisioterapia. E como gosto de vê-lo pulsando de alegria quando me movimento… Só não o beijo todos os dias, porque não posso.
Também sou grato aos pulmões, que, todos os dias, alimento com oxigênio puro. Aliás, convém lembrar que esses admiráveis filtros têm uma profunda mágoa em relação a mim. É que eles aguentaram por muitos anos as toneladas de nicotina com que os intoxiquei, por conta do maldito cigarro.

Mas vamos adiante. Agradeço ao meu cérebro, onde funciona minha mente, que comanda todo o corpo, que me ajuda a pensar, a ler, a escrever, e que só descansa quando durmo.

Agora chegou a vez das pernas. Minhas queridas pernas, que ora contam com a ajuda de uma bengala, e, vez por outra, o descanso da cadeira de rodas, que ninguém é de ferro. Como lhes sou grato pelas muitas caminhadas nas avenidas e parques das cidades esstrangeiras que visitei.

E que dizer dos meus olhos, a quem tanto devo? Ah, como tenho pena dos deficientes visuais... Os olhos são tudo em nossa vida.

E o sangue, que não se cansa de caminhar pelas veias e artérias, alimentando todo o meu corpo?
E as mãos, que tanto usei para escrever essas crônicas e outras coisas mais?

Sei não, mas reconheço que nosso organismo é uma extraordinária usina de muito trabalho a quem só devemos gratidão. E viva a saúde!
Patrono do Blog
Carlos Romero (1923-2019), cronista paraibano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário

Deixe o seu comentário