Superando limitações

Estava eu numa livraria, quando a moça entrou, por sinal elegantíssima e muito bonita de rosto. Não vinha acompanhada. Chegou só, sentada na sua cadeira de rodas, que ela ia movendo com as mãos, numa tranquilidade que me emocionou. Muito bem vestida, parecia que tinha vindo de uma festa. Seria paralítica? Estaria utilizando aquele transporte apenas por algum tempo?

Só depois percebi que a moça tinha as pernas atrofiadas. Não estava naquele transporte por algum tempo, mas por toda a sua vida.

O que mais me impressionou era a sua serenidade, os olhos fixos nos livros e uma contagiante paz no rosto. Mostrava-se interessada por tudo. Percebi que ela se sentia feliz, esquecida da cadeira de rodas, esquecida das pernas, que não a moviam mais. Ora, ora, mas o importante é que ela estava viva e tinha olhos para ler. E não haverá melhor companhia do que a dos livros...

A jovem paralítica talvez se sentisse mais feliz do que muitas pessoas de pernas sadias, que, certamente, não sabem ou não gostam de ler. Nem de ler, nem de ouvir boa música.

Vi-a quando saiu da livraria, na sua serenidade e na sua elegância, sublinhada de notória dignidade. Que lição ela dava, naquele momento, às pessoas. A lição de saber transcender as limitações, de superar o sofrimento, de vencer os obstáculos da existência, com muita fé na vida.

Agora é acrescentar mais uma bem-aventurança ao Sermão da Montanha: bem-aventurados os fortes, os que não desanimam diante dos obstáculos, das vicissitudes, e que nunca perdem a fé na vida.

A moça estava sozinha, ninguém a acompanhava. ia dirigindo a sua cadeira de rodas, com a nobreza de quem não se deixa abater pelos revezes da existência. Vai ver que até teria vindo dirigindo o seu próprio carro que a aguardava no estacionamento.
Minha conclusão de tudo o que vi é que precisamos superar nossas deficiências e limitações.
O AUTOR
Carlos Romero é escritor, jornalista, membro da Academia Paraibana de Letras e tem a crônica como forma literária favorita. Um estilo no qual retrata com forte dose de lirismo e humor suas sensíveis observações acerca do cotidiano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário