Salve o abacaxi!

Em todas as minhas andanças pelo mundo, uma das coisas que mais sinto falta é das frutas, sobretudo do abacaxi, que adoro. Ah, as frutas de nosso Brasil... E a Paraíba é uma das lideres na exportação de abacaxi. Pena que não tenha o status da maçã, da uva, da pêra, da framboesa, frutas, sofisticadamente, européias. Mas acho que é tudo uma questão de marketing.

Contra o abacaxi, por exemplo, há um marketing contrário. Dizem que ele significa um problema complicado. Já ouvi muita gente dizendo "Minha sogra é um abacaxi". Ninguém diz que ela é uma amora ou uma uva.

Contam que Adão e Eva comeram o fruto proibido, e que foi uma maçã. Acontece que lendo o Gênesis, do livro sagrado, não vejo nenhuma referência à maçã. E, aqui para nós, acho que a fruta que o primeiro casal comeu talvez tenha sido um abacaxi.

Acontece que eu adoro descascar um abacaxi, desde que a peixeira esteja amolada. Também é só o que sei fazer na cozinha.

Adoro frutas. Passei minha infância num sítio, lá na Lagoa, que era um paraíso de fruteiras, e minha boca não se cansava de chupar e comer manga de todas as espécies, pinha, banana, groselha, pitanga, cajá, caju, abricó, abacate, carambola, goiaba, araçá, graviola, laranja, jambo, jaca, pitanga... Basta, tenha pena do paladar dos outros.

Sobre a maçã, há um ditado inglês que diz “An apple each day keeps the doctor away”, que significa: “Uma maçã a cada dia mantém o médico longe. Haverá propaganda melhor?

E, segundo narra a história, o famoso físico Newton veio a descobrir a gravidade quando viu uma maçã caindo no chão. Felizmente foi uma maçã. Já imaginou se fosse uma jaca?... Ainda bem que o abacaxi dá no chão...

Chegou a vez de fazermos mais propaganda do nosso abacaxi, que pode melhorar a nossa economia, ouviu, amigo Ricardo Coutinho? É preciso inventar lendas sobre a saborosa fruta. Que tal propagar que o fruto proibido que Adão e Eva comeram foi um abacaxi?... E que é uma fruta também ornamental? Não gosto que decepem o seu penacho, a sua coroa, é nela que está a sua digna majestade.

Bem, já não estou aguentando mais. Vou me deliciar já, já, com a gostosa fruta, que há dias não comia. Basta de amoras com sucrilhos...
Patrono do Blog
Carlos Romero (1923-2019), escritor, jornalista, membro da Academia Paraibana de Letras.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário

Deixe o seu comentário