Você é feliz?

Que pergunta! Mas é perguntando que a gente se entende, como diz o ditado. Tenho encontrado muita gente feliz, mesmo sem dinheiro, mesmo sem saúde. E também ocorre o inverso. Dir-se-ia que a felicidade é um estado d'alma. Quem, por exemplo, está em paz consigo mesmo, é feliz.

Afinal, feliz é quem se julga. Diz uma história que havia um homem feliz que não tinha nem uma camisa para se vestir. Será?...

As três grandes tentações do ser humano são: dinheiro, poder e sexo. Mas acontece que há pessoas que possuem tudo isso e muitas vezes se sentem angustiadas, mal-humoradas, neurastênicas.

Mas, vamos adiante. Eu vi, outro dia, um rapaz sem mãos, em pleno trânsito, e sorrindo. Meu filho Germano também o viu e, com muita pena, chegou a lhe dar uma nota de cinquenta reais. Aí foi que ele sorriu, agradecendo. Agradecendo com os braços mirrados.

Quem é feliz não se lamenta, não se orgulha, não tem inveja, não se deprime, está sempre de bom humor. É isto, está sempre de bom humor.

Tenho visto muita gente que se diz feliz, sem ser, isto é, sem ter o que muita gente deseja ter.

É infeliz quem se deprime, quem não sabe sorrir, quem não se relaciona com os outros, quem não sabe por que está no mundo, quem não tem uma religião saudável, quem pensa que a vida termina no túmulo, quem fala em inferno eterno e imagina um Deus tirano e não um Deus pai, como Jesus assim chamava.

Não é feliz quem se frustra, quem não segue sua vocação. Um milionário talvez seja mais infeliz do que aquele pedreiro, a cantar lá no alto da construção, construção que não vai servir para ele, mas que assim mesmo canta. Quem canta não pode ser infeliz.

Um renomado psiquiatra colocou no seu famoso escritório o seguinte aviso: “Coisas que fazem o homem feliz: um bom sono, uma boa notícia e uma religião saudável”.

E fiquemos por aqui com a pergunta inicial: “Você é feliz?”
O AUTOR
Carlos Romero é escritor, jornalista, membro da Academia Paraibana de Letras e tem a crônica como forma literária favorita. Um estilo no qual retrata com forte dose de lirismo e humor suas sensíveis observações acerca do cotidiano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário