Viagem, Bagagem, Passagem...


Se é para outro país, não esquecer o passaporte, talvez o papel mais importante de uma viagem internacional. A todo instante, estão pedindo aquele documento, em que há uma foto, que nem parece muito com o portador. Filas e mais filas ficam aguardando o momento do visto naquela preciosidade. E as filas caminham em câmara lenta. Por que não aumentam o número dos examinadores de passaportes?... Muitas vezes é apenas um homem aguardando a carimbada do visto.
Mas saiamos da fila dos passaportes que um grupo já está esperando a gente para as apalpadelas, e os objetos que devem ser colocados na esteira para serem examinados. Até agora todos são suspeitos. Até este pacífico cronista é examinado, e logo por quem? Uma jovem. E minha Alaurinda assiste ao exame sem nenhum protesto.
E a passagem? Sim, ali, está a moça, pronta para recebê-la. Respiremos um pouco. Tudo agora ficou para trás, o exame do passaporte, a pesagem da bagagem e assim por diante. Até que enfim estamos na área do embarque. Quanta gente que a gente não conhece! Quanta bolsas penduradas nos ombros da mulheres... Quantas conversas! Tem o Duty Free nos esperando e esperando o nosso cartão, que ali a coisa sai mais barata. Mas é bom deixarmos para a volta, hein?
Enfim, vamos a caminho do grande pássaro de alumínio, que parece dormir um pouco, pois a viagem é longa. Mais de 8 horas de vôo, sobre o oceano à noite.
Eis que chegamos à porta da aeronave, onde simpáticos comissários de bordo desejam uma boa viagem. Agora é localizar a poltrona. Nos corredores, vemos caras sisudas, caras alegres, caras ansiosas.
Alguns momentos de espera e eis que nos chegam os repisados avisos para como devemos agir, no caso de um possível acidente aéreo. Mas a grande maioria não presta a atenção ao aviso. Muitos estão lendo, conversando, ninguém admite a possibilidade de uma queda em pleno mar e de pegar o salvavida que está debaixo da poltrona.
Mas eis que chegou a vez do avião aquecer as turbinas. Ele vai num crescendo até se jogar no espaço. É a tal da decolagem que rima com bagagem e aterrissagem. Este é um momento esperado com muita ansiedade.
E esqueçamos a passagem, a bagagem, a decolagem, a aterrissagem que o avião já chegou. Esquecer a bagagem, que nada. Vamos buscar nossas malas que estão na esteira. Outra longa espera. É a tal coisa, quem não sabe esperar, que não viaje.
Viagem, passagem, bagagem, pesagem. Até parece que estou escrevendo um poema. Basta.
Patrono do Blog
Carlos Romero (1923-2019), cronista paraibano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário

Deixe o seu comentário