Frutas, Frutas, Frutas!


Ah, que seria de nós sem elas? Quanta variedade, sobretudo em nosso Brasil. Quanta pobreza de frutas lá fora! Nas viagens internacionais o que mais me constrange é a ausência das nossas frutas: manga, mangaba, abricó, abacaxi, laranja, banana de todos os tipos, comprida, anã, prata, maçã, melancia, araçá, jaca... Pare aí cronista, que a boca já está se enchendo d'água.


E fico pensando: como Deus foi extraordinário na criação de tantas frutas, cada qual com o seu sabor. E se ela é azeda, a exemplo do limão, desde que coloquemos açúcar, não há melhor suco. Aliás, há um ditado norte-americano que diz, se na vida lhe derem um limão, faça uma limonada.


O estrangeiro é pobre de frutas em relação a nós. E isto foi uma coisa que sempre observei. Ah se o estrangeiro fosse ao mercado aqui da Torre e visse a variedade de frutas que há lá... E as nossas frutas não são encontradas apenas nos mercados e supermercados. Elas nos chegam até nos cruzamentos de nossas avenidas, aguçando o paladar e acendendo nosso patriotismo.


Lá na Europa, no Canadá, São Francisco, não se vê tal espetáculo. Certa vez vi em Atenas um abacaxi feio, pequeno, custando 17 reais. E que azedo deveria ser.


Repito o que disse acima, que seria de nós sem as frutas. E saber que o homem que inventou, com muita empáfia, um computador ou uma nave espacial, é incapaz de criar uma simples pitomba...


E como o Divino Criador esbanjou nas frutas! Não as fez iguais. Fez frutas de difícil acesso como é o coco, exigindo um furador ou uma peixeira, mas que facilidade no descascar de uma banana! Fez fruta doce e fez fruta que pede açúcar, como é o caso do abacate. Ah, estou me lembrando de uma fruta que existia muito no sítio de minha infância, o tal do fruta-pão, que com manteiga é uma maravilha.


Fruta é um alimento que não pode faltar à mesa, devido ao teor vitamínico. Fruta para emagrecer, fruta para cura de não sei quantas enfermidades. O nosso abacaxi, por exemplo, é receitado para o emagrecimento. Diz um ditado inglês que quem come uma maçã por dia, mantém o médico longe. Aliás, outro dia, eu acordei à noite, com uma bruta azia. Pois, depois de comer uma maçã fiquei completamente aliviado...


E vem esta pergunta? Há maior prova da existência de Deus do que a variedade de frutas existentes na Natureza. Frutas que exigem uma faca para abri-la, como a jaca, e fruta acessível como um caqui... Fruta de mil sementes, como o mamão e a melancia.


Mas já está na hora de abandonar o computador e terminar a crônica, que o leitor anda ocupado com coisas mais sérias e talvez nunca tenha pensado no que o cronista acaba de escrever.

Patrono do Blog
Carlos Romero (1923-2019), cronista paraibano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário

Deixe o seu comentário