O Que Dá Paz na Gente?

São tantas as coisas que nos dão paz! Comecemos com o chamado dever cumprido, que desencadeia uma sensação tão agradável. Ninguém dorme bem quando está em falta com as suas obrigações.

Perdoar nos proporciona conforto espiritual. O sentimento de vingança perturba o nosso equilíbrio interior, assim como o ressentimento, que é uma espécie de azia emocional. O perdão é um refrigério excelente.

A compreensão também é fator de paz. Compreender sugere o conhecimento das causas. Se você sabe os motivos que levam alguém a um mau procedimento, sua atitude diante do fato não será de reprovação, mas de sabedoria.

Esquecer traz paz interior. Para que lembrar dos maus feitos de ontem? O esquecimento é uma ótima escova, que limpa muitas falhas, muitos deslizes. Tem ele um sabor anestésico.

Outra coisa que nos dá muita paz é... fazer o bem. Que eficiente e perfeita terapia! Praticar a maldade não é vantagem, pois como ensina a sabedoria popular, o feitiço termina caindo sobre o feiticeiro.

Agora vem a disciplina. Viver com organização é um alívio. E que tal fazer amigos e jamais inimigos? Não dorme tranqüilo quem está cercado de desafetos. Comprimidos e curativos não adiantam.

A paz de espírito é a melhor coisa da vida. Quem a possui dorme e acorda tranquilamente, não exala mau humor, não entra em depressão, não sente inveja, não se orgulha, não se vinga, não se omite diante do sofrimento alheio, não julga ninguém, não age com soberba.

Encerro a crônica, que veio com cheiro de sermão, dizendo que não há inferno maior do que uma consciência culpada, envenenada de remorsos e arrependimentos. Inferno íntimo que leva muita gente à depressão, ao suicídio e à doença.

_____
Ilustração:

"Rest" (1932) - Pablo Picasso

Patrono do Blog
Carlos Romero (1923-2019), cronista paraibano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Postar um comentário

Deixe o seu comentário