Coragem de Astronauta

Quando uma coisa é inverossímil, a gente diz: "isto nao existe". Tal pensamento se aplica facilmente à cidade de Bariloche, com suas montanhas geladas, oníricas, absolutamente inverossímeis.

Hoje de manha, alugamos roupas de neve, pesadas, com galochas antiderrapantes, luvas grossas e toda uma indumentária que lembra aqueles macacoes das pessoas que habitam a estacao espacial. Decidimos subir ao Cerro Catedral, famosa estacao de esqui. A neve já é abundante naquelas alturas. Paisagem glacial, branca. Lá em cima, a visao é nao só poética, mas também mística. A medida que iamos sendo elevados no teleferico era como se nos dirigissemos ao espaco, entrando em zona nebulosa, com a coragem de astronauta.

Nunca um silêncio falou tao alto! Pisando na neve, tivemos a sensacao gostosa de que caminhávamos na lua. E, quando descemos, a impressao de que conhecêramos um pouco do céu e de que fôramos ressuscitados. Saimos do transe lunático.

Definitivamente, essa Bariloche nao existe.
O AUTOR
Carlos Romero é escritor, jornalista, membro da Academia Paraibana de Letras e tem a crônica como forma literária favorita. Um estilo no qual retrata com forte dose de lirismo e humor suas sensíveis observações acerca do cotidiano.
RECOMENDE AOS SEUS AMIGOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Paisagem espetacular da natureza... Fico imaginando a sensação que estão tendo, a partir da descrição deste lugar incrível, dada com tanta propriedade.

    ResponderExcluir